Na hora de escolher um novo lugar para morar, é preciso decidir uma série de pontos, como localização e valor da compra ou do aluguel e, ainda, optar entre os vários tipos de imóveis existentes no mercado. Afinal, cada um tem características próprias que influenciam diretamente a rotina e a qualidade de vida dos moradores.

É preciso levar em conta o tamanho da família, suas necessidades e os planos para o futuro. Então, para ajudar a encontrar o lar ideal, preparamos este artigo. Aqui, você conhecerá 5 tipos de imóveis e as situações para as quais são mais indicados. Acompanhe!

1. Cobertura

Trata-se de um apartamento localizado no último andar de um prédio. Ele se diferencia dos demais por ter uma área externa e apresentar características de luxo, como churrasqueira, piscina privativa, paisagismo personalizado, varanda gourmet, entre outras.

Devido à altura na qual se encontra, a cobertura costuma ter ventilação e iluminação excelentes. Além disso, confere mais privacidade aos moradores, principalmente se for um duplex ou triplex. A vista é mais um diferencial de apartamentos na cobertura. Outra vantagem é o fato de contar com um espaço mais amplo e maior número de cômodos. Isso torna esse tipo de imóvel o ideal para famílias com filhos e que priorizam o bem-estar.

2. Casa

Esse tipo de imóvel tem uma infinidade de variações em sua arquitetura, acabamentos e quantidade de cômodos. Ainda, as casas podem ser geminadas (dividindo parede e telhado com a casa ao lado), térreas, sobrados, estarem em condomínios ou serem construídas em terrenos individuais.

Muitas pessoas preferem esse tipo de imóvel devido à privacidade, ao espaço, à área externa e à distância com vizinhos. Sendo assim, é uma excelente opção para quem tem uma família formada ou animais de estimação.

3. Condomínio

Um condomínio pode ser entendido como um agrupamento de moradias, que podem ser casas ou apartamentos de um ou mais prédios. Esse é um dos tipos de imóveis mais procurados por quem busca segurança. A maioria conta com áreas de lazer como piscinas, quadras poliesportivas, academia, salão de festas, entre outros atrativos. Outro ponto positivo é o convívio diário com os vizinhos, que é ótimo para quem gosta de senso de comunidade.

4. Flat

Também chamado de apart-hotel, é um tipo de apartamento que dispõe de alguns serviços semelhantes aos de um hotel, como limpeza, alimentação e serviço de quarto. Apesar da similaridade, as taxas são menores e há menos formalidades. É bastante utilizado por pessoas que estão com situações provisórias na moradia, como reforma ou mudança.

5. Kitnet ou quitinete

É um apartamento pequeno, geralmente com menos de 40 m² e divisão interna em dois cômodos básicos. Um deles é banheiro e o outro, maior, é um quarto-sala-cozinha. Essa é uma opção bem comum nas grandes cidades, muito procurada principalmente por estudantes de outras cidades ou por quem deseja facilitar a ida ao trabalho e passa pouco tempo em casa.

Cada um desses tipos de imóveis é direcionado a um perfil específico para que atenda com perfeição seus desejos e necessidades. Agora que você já conhece os principais modelos de moradia, basta procurar a ajuda de um corretor para que ele ajude a encontrar o lar ideal para você e sua família.

Gostou deste post com os principais tipos de imóveis? Então, que tal compartilhá-lo em suas redes sociais? Desse modo, seus amigos também conhecerão cada um dos modelos!